Lose Yourself Here

Os Capitão a ouvir Zarco e Vice-Versa

TAVA NUM BAR A OUVIR UM SOM! TAVA NUM BAR A OUVIR UM SOM!

E qual bar que não os Loucos e Sonhadores, decerto inspiradores desta bela ode à vida do maratonista de bares do bairro que vive dentro de nós a cada noite que decidimos viver a boémia. Pois não conheço melhores instrumentalistas para pintar tão bonita música que os descobridores psicadélicos Zarco. Aventureiros por natureza tem vindo a fazer jus à música tocada por amor, com muita vida de Rock & Roll à mistura que em palco atinge a sua expressão máxima.

Com este novo single pretendem finalmente colocar o pelouro Zarquista no panorama e trepar os ouvidos de todos através da internet mas também augurando, com razão, a rádio. Digo isto porque pelo menos no meu carro já tem ressoado várias vezes e bem alta! O estrondo é tal que a Constança Rosado fez uma bonita caricatura destes meninos que podem admirar aqui, somente para o lançamento de tão ansiado single!

Mais do que isto? Pois nós, Musically Speaking, vamos lançar um conjunto de episódios intitulado de “Temaaaas” onde abordamos um tema por programa que nos dê muita felicidade. Não é que os Zarco foram logo o primeiro? Não só pela amizade que nutrimos pela banda assim como pelo momento que atravessam no qual o Spazutempo claramente não estava preparado.

É nesta bela aventura pelos mares Atlânticos que entram os Capitão Fausto a bordo, e novamente promovem a escuta deste mesmo tema no seu novo e tão antecipado single, “Sempre Bem”, o primeiro avanço para “A Invenção do Dia Claro”.
O quarto registo de canções originais foi gravado no Red Bull Studios São Paulo em Dezembro de 2017, pelas mãos e os ouvidos do Rodrigo “Funai” Costa.

Começando por descrever um pouco do seu percurso noturno, acabam por lembrar a bela companhia de Fernão e Joe, guitarristas dos Zarco, ao ouvirem este hino bairrista!

“Ouvir a Tava Num Bar

Sair com Joe e Fernão”

Mais coincidências entre estes sons? Pois se de um lado a Constança Rosado desenhou a capa do single dos Zarco, neste mesmo single dos Capitão partilhou os coros com a Madalena Tamen, vocalista dos Reis da República, banda que pelo que nos disse um passarinho está muito próxima dos lados de Alvalade e dos Cuca! Parceria à vista!!

“Desde o início que o disco foi imaginado para incluir a ideia que tínhamos de “Brasil” na nossa forma habitual de fazer música. Nunca foi intenção fazê-la à maneira de lá mas sim procurar a apropriação de alguns elementos sónicos ou melódicos mais específicos, retirando-os do seu contexto habitual para servirem as nossas canções. Nos textos fala-se da relação com a rotina, da complexidade das relações humanas e do fatalismo inexorável do amor.”

Capitão Fausto através de Let’s Start a Fire

 

%d bloggers like this: